Search
  • julenoliveira

Alumna e Mentorar: o que acontece quando duas startups de impacto se encontram?




O que acontece quando duas startups de impacto se encontram? Alumna e Mentorar se conheceram em 2021 e descobriram um propósito em comum: utilizar a mentoria como ferramenta para conectar pessoas e acelerar suas carreiras.


A Alumna quer formar a próxima geração de mulheres líderes com olhar para a diversidade. Por meio de um programa de aceleração de carreira, a Alumna aproxima talentos diversos de profissionais experientes e lideranças femininas. A tecnologia é fundamental para aproximar as estudantes de suas mentoras e mensurar o impacto do programa. Para alcançar a meta de 10.000 mulheres impactadas até 2025, o time da Alumna sabia que a tecnologia era a chave para acelerar essas conexões.


Em maio de 2021, antes de escrever um código novo ou "reinventar a roda", a Alumna conheceu a Mentorar e logo percebeu as sinergias entre as duas. Fundada em 2015, a Mentorar é uma startup mineira que surge para encurtar distâncias entre mentor e mentorado, uma necessidade que os seus próprios fundadores viveram na pele, quando tiveram dificuldade de se conectar com mentores do ecossistema de inovação.


A Mentorar oferece uma plataforma autogerenciável, desenvolvida para atender programas de mentoria ou de aceleração. Seu diferencial é permitir um gerenciamento intuitivo dos programas de mentoria, por meio de métricas de performance e um painel user-friendly para monitoramento e avaliação. Nubank, Sebrae e B2Mamy são alguns dos clientes já atendidos pela startup mineira.


Qual o resultado dessa parceria? Em menos de um ano, a Alumna saltou de 25 para 300 participantes no programa. Hoje, 250 alunas de graduação de todo o país, 55% delas mulheres negras ou pardas e 60% primeira geração na universidade, participam da aceleração voltada para desenvolvimento de habilidades socioemocionais e empregabilidade.


A tecnologia da Mentorar permitiu que mentoras e alunas façam parte de uma comunidade segura, que protege os dados e as informações pessoais das participantes, e ainda facilita os encontros e a avaliação dos resultados. Em paralelo, a Alumna está desenvolvendo um algoritmo inovador para facilitar o match entre mentora e mentorada, usando mineração de dados e processamento de linguagem natural para avaliar critérios como formação e interesses profissionais.


No ecossistema empreendedor muito se fala sobre propósito e impacto, mas o que negócios de impacto costumam enfrentar é um ambiente de competição e hostilidade. Na jornada empreendedora da Alumna e da Mentorar, o encontro permitiu colocar em prática um propósito compartilhado: utilizar a mentoria como ferramenta para acelerar o desenvolvimento de talentos diversos, um importante passo para alcançar maior equidade de gênero e diversidade no mercado de trabalho.


Larissa Ushizima, CEO e cofundadora da Alumna. É mestre em Assuntos Internacionais pela The New School em Nova York e foi uma das selecionadas para a primeira edição brasileira do Future Females, programa de aceleração de negócios liderados por mulheres em parceria com o UK-Brasil Tech Hub.


Cristiano Vieira, Líder de Projeto e cofundador da Mentorar. É mestre em Desenvolvimento e Tecnologias Sociais pela Universidade Federal de Itajubá. Empreendedor na área de desenvolvimento de software com mais de 15 anos de experiência em tecnologia da informação.