Search
  • Larissa Ushizima

Talentos e Pontos Fortes: por que desenvolver?



Antes de começar a leitura desse texto eu gostaria de te fazer um convite: um exercício prático que irá nos apoiar nas reflexões que faremos por aqui. Você topa?


Se sim, pegue um papel e uma caneta e crie duas colunas, sendo a primeira coluna de pontos fortes e a segunda de pontos fracos. Em cada uma delas liste a maior quantidade de características que você conseguir e assim que finalizar volte para o nosso texto.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


E então? Como foi o exercício?


Arrisco dizer que talvez você tenha encontrado alguma dificuldade em listar essas características. Talvez a sua lista de pontos fracos tenha tido maior número de características do que a de pontos fortes ou talvez você nem tenha conseguido pensar em algum ponto forte.


O objetivo deste exercício na verdade é mostrar que tudo bem caso isso tenha acontecido com você. Vivemos em uma sociedade que valoriza a escassez, que nos indica quais livros os maiores influencers da nossa área estão lendo e que nós precisamos ler para alcançarmos algum patamar na nossa profissão, que nos dá feedbacks negativos e raramente apreciativos, que nos incentiva a estudar na escola e na faculdade aquilo em que não somos boas para nos tornarmos boas em tudo.


Mas, e se eu te contar que os melhores resultados não vem de focarmos nossa energia e tempo em aperfeiçoar e nos tornarmos boas naquilo que não gostamos ou que temos maior dificuldade? A Gallup Inc., uma renomada organização americana que tem como principal objetivo apoiar as organizações no desenvolvimento de seus colaboradores utilizando como um dos métodos principais a metodologia dos pontos fortes, possuem diversas evidências científicas de que este método produz melhores resultados em termos de lucratividade dos negócios, aumento das vendas, maior retenção dos colaboradores e em termos individuais um aumento da felicidade, do desempenho, do engajamento e da produtividade.


É importante ressaltar que falar sobre descobrir e desenvolver os pontos fortes não significa que vamos negligenciar e não mais pensar nos nossos pontos fracos. Como a própria Gallup traz, o objetivo da metodologia é que possamos focar cada vez mais energia naquilo que somos boas para nos tornarmos excelentes, mapeando quais são os pontos fracos que podem nos atrapalhar na nossa jornada gerenciando eles, e não focando no desenvolvimento deles.


A descoberta daquilo que somos boas em ser e fazer não é só uma mudança de mentalidade e uma virada de chave em não mais focar no desenvolvimento dos nossos pontos fracos, mas sim um processo de autoconhecimento e aproximação de quem você realmente é sem toda a pressão da sociedade para que você seja perfeita, sem a síndrome da imposta te trazendo que você não é capaz, sem o FOMO (fear of missing out), ou seja, medo de perder algo ou ficar para trás.


No próximo post, eu vou contar para vocês COMO desenvolver esses pontos fortes.


Autora: Thaís Ananias, mentora Alumna, certificada na metodologia de Pontos Fortes pela Gallup®, Guardiã da Experiência do Time na Tribo Global e apaixonada por facilitar momentos e conexões que transformam de alguma forma a jornada das pessoas.